domingo, 21 de agosto de 2011

13º Salário NUNCA Existiu...


Nunca tinha pensando sobre este aspecto. Brilhante, de fato!

Os trabalhadores ingleses recebem os ordenados semanalmente!
Mas há sempre uma razão para as coisas e os trabalhadores ingleses, membros de uma sociedade mais amadurecida e crítica do que a nossa, não fazem nada por acaso!

Ora bem, cá está um exemplo aritmético simples que não exige altos conhecimentos de Matemática, mas talvez necessite de conhecimentos médios de desmontagem de retórica enganosa.

Lembrando que o 13º no Brasil foi uma inovação de Getúlio Vargas, o “pai dos pobres” e que nenhum governo depois do dele mexeu nisso.

Porquê? Porque o 13º salário não existe.

O 13º salário é uma das mais escandalosas de todas as mentiras dos donos do poder, quer se intitulem “capitalistas” ou “socialistas”, e é justamente aquela que os trabalhadores mais acreditam.

Suponhamos que você ganha R$ 700,00 por mês. Multiplicando-se esse salário por 12 meses, você recebe um total de R$ 8.400,00 por um ano de doze meses.
R$ 700,00 X 12 = R$ 8.400,00

Em Dezembro, o generoso governo manda então pagar-lhe o conhecido 13º salário.

R$ 8.400,00 + 13º salário = R$ 9.100,00

R$ 8.400,00 (Salário anual)
+ R$ 700,00 (13º salário)
= R$ 9.100,00 (Salário anual mais o 13º salário)

... e o trabalhador vai para casa todo feliz com o governo que mandou o patrão pagar o 13º.

Façamos agora um rápido cálculo aritmético:

Se o trabalhador recebe R$ 700,00 mês e o mês tem 4 semanas, significa que ganha por semana R$ 175,00.

R$ 700,00 (Salário mensal)
dividido por 4 (semanas do mês)
= R$ 175,00 (Salário semanal)

O ano tem 52 semanas (confira no calendário se tens dúvida!). Se multiplicarmos R$ 175,00 (Salário semanal) por 52 (número de semanas anuais) o resultado será R$ 9.100,00.

R$ 175,00 (Salário semanal)
X 52 (número de semanas anuais)
= R$ 9.100,00

O resultado acima é o mesmo valor do Salário anual mais o 13º salário
Surpresa!!
Onde está, portanto, o 13º Salário?

A resposta é que o governo, que faz as leis, lhe rouba uma parte do salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30 dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (ainda assim, apesar de cinco semanas o governo só manda o patrão pagar quatro semanas) o salário é o mesmo tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro ou cinco semanas.

No final do ano o generoso governo presenteia o trabalhador com um 13º salário, cujo dinheiro saiu do próprio bolso do trabalhador.

Se o governo retirar o 13º salário dos trabalhadores da função pública, o roubo é duplo.

Daí que não existe nenhum 13º salário. O governo apenas manda o patrão devolver o que sorrateiramente foi tirado do salário anual.

Conclusão: Os Trabalhadores recebem o que já trabalharam e não um adicional.
13º NÃO É PRÊMIO, NEM GENTILEZA, NEM CONCESSÃO.
É SIMPLES PAGAMENTO PELO TEMPO TRABALHADO NO ANO!
TRABALHE PELA CIDADANIA!
CIRCULE ISSO!

3 comentários:

  1. Manifesto dos Trabalhadores das Plataformas de Vermelho 1, 2 e 3

    Contra a COVARDIA do assédio moral e punições aos nossos companheiros e a favor da união de todas as Unidades na resistência aos desmandos gerenciais!



    Companheiros petroleiros, este manifesto é dirigido não só à categoria, como a toda sociedade. Nós trabalhadores das Plataformas de Vermelho, vimos por meio deste Manifesto, demonstrar nossa indignação e repúdio diante do ato covarde de punição aos companheiros que participaram da Greve por Segurança do dia 22 de Agosto. As informações preliminares são de que oito companheiros receberam diversas punições, de advertências a suspensões.

    Gostaríamos de ressaltar os números e a trágica coincidência dos mesmos. Oito também foram os mortos no Sistema Petrobrás no mês de Agosto, e fora em protestos a essas e todas as 300 mortes nos últimos 16 anos, além de mutilações e doenças ocupacionais, que o Sindipetro/NF chamou a mobilização e os valorosos companheiros democraticamente escolheram participar.

    Voltamos a dizer o óbvio: Temos o direito de manifestação e de organização, assegurado na Constituição. Agora temos o dever de manifestar apoio incondicional aos companheiros que utilizaram desses direitos para seguir o indicativo do Sindipetro/NF. O indicativo fora aprovado em assembléia, com a participação de todos os trabalhadores envolvidos, porém apenas uma parte foi punida para incutir o medo em tempos de ACT. Uma prática estúpida e suja que demonstra o despreparo da Gerência da Petrobrás para lidar com os problemas graves de segurança apontados pelo Sindicato e vivenciados diariamente pela categoria.

    Gostaríamos de ver o mesmo empenho que a Petrobrás teve em punir os trabalhadores sendo utilizado para resolver seus graves e criminosos problemas de segurança. Para desembarcar os punidos em meio ao Caos Aéreo, a Companhia disponibilizou em tempo recorde dois vôos, porque o primeiro fora cancelado pelos já conhecidos problemas do transporte aéreo. Enquanto isso, os companheiros diversas Unidades tiveram que permanecer a bordo por falta de aeronaves para transportá-los. E ainda nos querem passar palestras dizendo que estão fazendo de tudo para contornar o Caos Aéreo. Lamentável! Além de diversos problemas nas Unidades de Vermelho, como os Queimadores inexistentes e os Tanques de Drenagem abandonados. Assim é aqui, e assim é em todas as Unidades Petrobrás da Bacia de Campos. Senhores Gerentes, não querem trabalhar para resolver estes problemas ao invés de se esforçar para punir os trabalhadores?!


    Não aceitamos intimidação!

    Se os gestores da Petrobrás tinham como meta semear o medo e colher a discórdia e mansidão cega da categoria, estão muito enganados. Manifestamos nosso apoio e solidariedade a nossos companheiros punidos arbitrariamente pela Empresa, e conclamamos a Bacia de Campos a fazer o mesmo. Registrem em suas reuniões de CIPA denúncias e campanhas contra o assédio moral a que sofremos diariamente em nossas Unidades, por simplesmente cobrar direito à segurança e à vida. Conclamamos também a cobrar ações firmes do Sindipetro/NF para resposta rápida e à altura à Petrobrás, para que estes e outros desmandos não fiquem impunes. Basta de assédio moral! Basta de punições arbitrárias! Basta de mortes! Temos direito à livre manifestação e à vida!

    Os trabalhadores unidos não podem ser vencidos!
    Ass.: Trabalhadores de PVM-1, PVM-2 e PVM-3

    ResponderExcluir
  2. A assembleia que deliberou a greve na plataforma tinha quatro vezes mais trabalhadores terceirizado que trabalhadores da petrobrás!
    Parabéns a estes bravos trabalhadores que fizeram valer o direito de lutar pela sua segurança.

    ResponderExcluir
  3. Quem paga o 13º não é o governo, portanto, não é ele que te 'dá' esse 'presente'. Sim, é uma espécie de poupança forçada que o teu empregador retém e depois te repõe. Não é roubo ou liberalidade: o salário no Brasil tem base mensal. Isso pode ser bom ou ruim: pra quem sabe administrar o dinheiro, pode ser mais interessante receber semanalmente, mas como a maior parte dos compromissos é mensal (aluguel, escola ...), quem não admistra bem o dinheiro tem que pedir vale para completar o mês, se gastar demais durante cada semana.

    ResponderExcluir